Assessor de Prefeito terá que devolver dinheiro recebido ilegalmente

 

Sempre tem dinheiro público pra festa

O Coordenador do Movimento de Combate à Corrupção e  Improbidade administrativa em Alagoas Dêvis Klinger – se reuniu na manhã de hoje(07), com o núcleo jurídico do Instituto Repórter Mirim – e tomou a decisão de combater com rigor as mazelas cometidas pelo prefeito de Marechal Deodoro e sua turma de compadres – Klinger – ajuizará uma Ação Popular requerendo a devolução do dinheiro público recebido ilegalmente pelo amigo e compadre do prefeito Cacau Filho – Thiago Henrique Gondin Torres, afastado do senado Federal por improbidade administrativa(acumular cargo público) sem trabalhar. São mais de 140 mil reais.

COMBATE À CORRUPÇÃO EM MARECHAL DEODORO 

O líder do MCCI declarou que não irá sossegar enquanto não colocar os recursos públicos de Marechal Deodoro em um bom caminho – hoje, Cacau – comete essas irregularidades de farra da comadre, etc.

A rejeição de Cacau é absurda – ao invés de reabrir a maternidade – ele faz festas milionárias com o dinheiro público – uma verdadeira falta de bom senso – nós não aprovamos tal atitude, aliás a maioria do povo quer a reabertura da maternidade.

Ele(prefeito) promete, mas não cumpre – não honra os compromissos assumidos em campanha e o plano de governo registrado no TSE. O atual prefeito de Marechal Deodoro, é uma decepção geral.

SENADOR COLLOR MANDA EXONERAR ASSESSOR DE CACAU FILHO

O Senador Fernando Collor de Mello, teve uma postura diferente do prefeito Cacau Filho, determinando a imediata exoneração de Thiago Gondin Torres, que recebia dinheiro público do Senado, sem trabalhar.